segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Poesia por encomenda


Por acaso falei de estrelas

Levanto de manhã
Com o sol a me chamar
Acorda menina, acorda
Você tem que levantar !
Penso em ver o horóscopo
Mas desisto antes de ler
prefiro deixar o acaso
Se encarregar do que vai acontecer.
O acaso é mesmo estranho
E nos reserva surpresas diferentes
Quem diria que em teus olhos
Eu veria uma estrela cadente?
Queria eu ser essa estrela
Cair e não saber o lugar
Queria cair em teus braços
Estreitar nossos laços, por acaso
Receber teus abraços e
Nunca mais parar de sonhar.


Misture dois pensamentos que não tenham qualquer ligação e faça uma poesia, creio que não exista melhor sentimento do que o de "dever cumprido". Estive diante desse desafio e sei que não sou poeta quiçá boa escritora, porém gosto dessa brincadeira de dançar entre as palavras, fazer rimas e falar bobagens em uma noite sorridente.
O que é acaso? existe realmente algo que acontece sem motivo algum? acontecem simplesmente por acontecer?
Eu acredito que não, tudo que acontece debaixo do sol tem um porque, um motivo, pessoas cruzam a nossa vida no momento certo e nos completam, nos acrescentam e ás vezes somem fisicamente, porém, guardamos sempre o que elas nos ensinaram e em algum lugar da nossa memória, elas ainda subsistem.
Tudo acontece na hora em que tem que acontecer, e a nossa mente limitada sempre arruma uma desculpa para as nossas falhas, sempre falamos "É cedo demais" ou "Já é tarde"... Sabe, nunca é cedo ou tarde, sempre é a hora de vivermos o que se tem pra viver, cada minuto, cada segundo é importante e especial, por isso viva o acaso, viva a surpresa, viva a poesia de viver sem programar, espere sempre o novo e seja feliz !
Deus tem um propósito para cada um de nós, e só Ele sabe a hora certa, não duvide da vontade Dele jamais, pois ela é soberana e certa...

Coleccionem surpresas e guarde-as para me contar depois ^^